Funil de vendas: conheça cada etapa

15/03/2024

O conceito de funil de vendas representa todo o processo de fechamento de um negócio, desde o momento da captação até a conversão final com estratégias voltadas pro inbound marketing, além de representar também as etapas da jornada de compra do consumidor

Para construir o funil de vendas é necessário que haja um alinhamento entre marketing e vendas com um bom planejamento. É importante essa interação entre os dois times, pois ambos impactam diretamente os leads e como eles vão caminhar pela jornada de compras.

O que é funil de vendas?

Como o próprio nome sugere, é uma representação em forma de funil da jornada de compra do cliente. Ela vai desde o momento em que ele toma conhecimento do seu produto ou serviço, até a compra em si.

  • Aprendizado e descoberta sobre determinada necessidade (topo)
  • Reconhecimento desse problema e consideração de soluções (meio)
  • Avaliação da sua solução (fundo)
  • Venda (fundo)

O funil de vendas busca auxiliar na construção de estratégias de marketing e vendas que atendam aos potenciais clientes em seus diferentes estágios do processo de decisão de compra, contribuindo para que eles avancem para a fase seguinte, com mais rapidez e estreitando o relacionamento com a sua empresa. 

Um cliente que está na fase de descoberta sobre uma necessidade, ou seja, a primeira etapa da jornada do cliente, busca por informações diferentes do que as pesquisadas por usuários que estão na fase final, de fechamento. 

Logo, a ideia por trás do conceito de funil de venda é contribuir para que a estratégia da sua empresa esteja pronta para oferecer o conteúdo certo, na hora certa, para o usuário certo.

Etapas do Funil de Vendas

Topo de funil

No topo do funil, a pessoa era indiferente a uma necessidade ou a um problema. Vários visitantes chegam ao seu site, e a proposta dessa etapa é oferecer conteúdos e materiais ricos, para converter esses usuários em leads. Por meio de informações estratégicas coletadas em uma landing page, você já tem condições de começar um relacionamento com esses consumidores.

Aqui, há um grande número de visitantes que não vão se tornar leads. O topo do funil é a área mais ampla e a que você mais disponibiliza conteúdo, com o objetivo de fazer o visitante avançar na caminhada.

Meio de funil

A passagem para o meio de funil é marcada pelo reconhecimento de que há, de fato, um problema ou uma oportunidade. A partir daí, é preciso encontrar maneiras de lidar com isso. As pessoas não querem que você resolva os problemas por elas. Na verdade, elas preferem ser ensinadas a usar soluções. 

Fundo de funil

É onde você ajuda o lead na definição de planos de ação possíveis para a situação que ele está enfrentando e por consequência, o conquista. Aqui, o seu trabalho é ajudar a pessoa a tomar uma decisão melhor — e isso pode ou não ser o que você vende. O foco é o sucesso de quem procurou o seu negócio, afinal, você não quer ser a escolha incorreta de um cliente.

As etapas do funil de vendas contribuem para a sua empresa ter uma referência no entendimento da jornada do cliente. O funil oferece um parâmetro, possibilitando encontrar a abordagem certa para o momento da trajetória do ciclo de vendas que a persona se encontra. 

Com este artigo, mostramos os conceitos essenciais para você entender o funil e saber de que forma aplicá-lo na sua metodologia. As etapas do funil de vendas são essenciais para você saber qual é a melhor forma de estabelecer a sua estratégia de marketing de conteúdo e o que é preciso para criar um vínculo construtivo e direcionado ao sucesso do cliente.

Gostou de saber mais sobre o assunto? Conte com a gente para alavancar suas vendas!

Como agência de marketing digital especializada em performance, nós da Agência Ventura, contamos com as melhores ferramentas do mercado e profissionais especializados com mais de 10 anos de atuação.